Diário Perdido (A volta para casa)

/
Rio de Janeiro,                                                                                                                     01/12/2...

Olá, Meu nome é Melissa, mas todos me chamam de Mel. 
Acabei de chegar na casa dos meus pais, e ao colocar a mala no quarto me deparei com esse embrulho, em cima da minha cama. E pra minha surpresa é um diário! Dentro eu encontrei uma dedicátoria linda!



Um momento de calmaria no meio dessa confusão toda! Depois de 11 anos longe de casa e da minha família, como encarar todos como se eu ainda fosse a mesma menininha que descia as escadas correndo e chamando meus pais, para irmos brincar lá fora. Lembro que eles sempre estavam super atarefados, tentavam tirar pelo menos 30 min por dia para me dar um pouco de atenção. 
Mas, tudo para eles era muito corrido. Papai sempre dizia que se eu tinha brinquedos novos, uma cama fofinha e casa, era graças ao trabalho dele. Por isso ele não poderia ficar brincando comigo, precisava fazer dinheiro para pagar as contas. Segundo ele a situação estava bem dificil e ele precisava garantir o meu futuro.
Quase todos os dias quando eles achavam que eu estava dormindo, eu os ouvia brigarem. Pelo que lembro isso era rotina na minha casa. Era raro os momentos de alegria e familia unida. Geralmente isso acontecia nos aniversários e no Natal. 
Lembro, que uma vez no ano, algumas tias e tios, vinham aqui para casa comemorar alguma data especial. E era mágico, parecia uma familia perfeita, sem problemas, sem brigas.... eu sempre desejava que esse dia nunca acabasse.  Era o dia que eu via papai e mamãe se abraçando, sorrindo para todos e sem preocupações. Mas isso durava pouco, no dia seguinte tudo já tinha voltado ao normal, sendo que com mais asuntos para brigas. Reclamavam da falsidade de um e de outro, falava que fulano era invejoso, que seu parente quebrou isso. Que sua família não deveria nem pisar lá dentro. Para uma criança tudo parecia muito estranho, mas hoje com mais idade consigo entender muitas coisas.



Agora eu preciso descer, resolveram fazer uma festa para o meu retorno em casa!


Web Série ( Diario Perdido - todos os sábados uma página desse diário, que promete te fazer rir e chorar. E acima de tudo acreditar que não importa seu passado, ou as circunstancias da vida, você pode ser o que você quiser!) Personagens fictícios e algumas histórias baseadas em fatos!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright 2018 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
POR LORY DESIGN